Senhor! Fazei de mim um instrumento da vossa paz.

Onde houver ódio, que eu leve o amor.

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.

Onde houver discórdia, que eu leve a união.

Onde houver dúvidas, que eu leve a fé.

Onde houver erro, que eu leve a verdade.

Onde houver desespero, que eu leve a esperança.

Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.

Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, fazei que eu procure mais:

Consolar, que ser consolado,

Compreender, que ser compreendido,

Amar, que ser amado,

Pois é dando que se recebe.

É perdoando que se é perdoado.

E é morrendo que se vive para a vida eterna.

4 COMENTÁRIOS

  1. Boa madrugada. Conheci agora a poucos dias este canal. E estou gostando muito. Já fui ativa em centros espíritas, pois sou medium. Mas me afastei por alguns motivos. E aqui gosto das vibrações e mensagens. Parabéns pelo belo trabalho.

Deixe uma resposta