O dia de São Pedro e São Paulo é comemorado no dia 29 de junho. São festividades típicas da Igreja Católica, honrando a fé desses Irmãos de Luz. Também é uma das celebrações da festa junina. Comemora-se nesse dia por conta de suas mortes e do legado deixado por ambos os santos.

Os dois morreram martirizados. São Paulo foi decapitado em Roma e São Pedro morreu crucificado. Em um sermão do ano 395, Santo Agostinho de Hipona expressou que São Pedro e São Paulo “na realidade, eram como um só. Embora tenham sido martirizados em dias diferentes, deram o mesmo testemunho. Pedro foi à frente; Paulo o seguiu. Celebramos o dia festivo consagrado para nós pelo sangue dos apóstolos. Amemos a fé, a vida, os trabalhos, os sofrimentos, os testemunhos e as pregações destes dois apóstolos”.

Paulo de Tarso é um dos grandes evangelizadores dos ensinamentos do Cristo e uma das figuras mais emblemáticas do Novo Testamento. Foi o pioneiro das escrituras sobre Jesus, embora não o tenha conhecido pessoalmente. Paulo é a expressão dos que conhecem a Cristo tardiamente, mas se voltam para Ele de todo o coração.

Já Pedro, foi um pescador e a base emocional do grupo dos doze apóstolos. Jesus reconheceu essa qualidade em Pedro, que o designou com a missão de solidificar o Cristianismo nos corações: “tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja” – e ele humildemente aceitou a missão. O apóstolo considerado o guardião do céu, é conhecido como aquele que permite ou não que as chuvas caiam na terra, protetor das viúvas e dos pescadores.

A nossa gratidão e admiração à estes trabalhadores da Seara do Cristo, referências na fé em Cristo Jesus e no Seu poder transformador, que fizeram ressoar a mensagem do Evangelho no mundo inteiro e estão constantemente à serviço da luz ensinando-nos a permanecer voltados ao amor de Jesus. Viva São Pedro e São Paulo!

Deixe uma resposta