(por Gisela Campiglia)

Mesmo existindo diferenças culturais, sociais e religiosas dentre os seres humanos, há uma vontade em comum que nos une; o desejo de viver um grande amor.

Para atrair um (a) bom (a) parceiro (a) é preciso se colocar em postura adequada para realizar a conquista. Antes de iniciar um relacionamento amoroso, a primeira relação que deve estar equilibrada é a sua relação com você mesmo. Inteligência emocional não é matéria do curriculum escolar, mas é exigida pela vida para poder ser feliz!

Autoestima
Estar com a autoestima elevada é requisito básico para atrair um grande amor. Se você não se aceita e não se valoriza, será impossível atrair alguém que o valorize. A atração funciona por afinidade vibratória, assim rege a lei universal da atração. Em estado de miséria afetiva, não há como realizar uma troca positiva com o outro. Quem não se valoriza, não é valorizado.
Tenha certeza de que você tem muitas qualidades, olhe para si mesmo com carinho, identifique e valorize seus talentos, habilidades e realizações.

Coragem
A coragem também é uma qualidade importante na conquista, ela deve ser aplicada em três aspectos. A coragem de liberar as mágoas do passado, deixando o coração limpo de melecas emocionais. A coragem de se expor, mostrando-se como solteiro disponível para um romance. A coragem de correr o risco de obter sucesso, ou não.

Espontaneidade
Mostre-se totalmente desde o início da relação, não use um personagem no processo de conquista. O interesse é criar intimidade entre você e o parceiro; ou entre um personagem interpretado por você e o parceiro? Seja espontâneo, não será possível usar uma máscara todo o tempo, crie uma real intimidade entre você e o seu possível parceiro romântico. Desta forma, a relação será verdadeira e terá maior chance de dar certo.

Charme
O charme não se expressa apenas através de uma boa aparência e elegância.  A inteligência, o senso de humor, a educação e a simpatia também compõem o charme de uma pessoa. Use e abuse de suas qualidades.

Autoconhecimento
Somente quando conheço a mim mesmo, sei escolher o melhor para mim. Escolha um parceiro que tenha compatibilidade com você para que haja chances de o relacionamento perdurar. Uma pessoa que tenha afinidade com as ações de vida que você aprecia fazer. Alguém com os mesmos interesses musicais, intelectuais, espirituais, esportivos, culturais, gastronômicos, profissionais. Os interesses não precisam ser todos iguais, mas, quanto maior a sintonia haverá mais possibilidades de sucesso para o relacionamento.

Faça um autoteste

Você se considera uma boa escolha de parceiro romântico?
Como é o seu temperamento?
Você é mimado, irritadiço, carente, possessivo, crítico, ansioso?

É preciso que haja coerência entre o que você oferece, e aquilo que deseja receber. Lembre-se que a conexão entre pessoas sempre acontece por afinidade!
Logo, ofereça ao seu parceiro tudo aquilo que você gostaria de receber! Simples assim!

4 COMENTÁRIOS

  1. Preciso encontrar um grande amor , pois me sinto muito so, colocar em pratica tudo que diz o texto fica dificil ja tentei com um ser humano nao deu certo ele nao tinha sabedoria o suficiente para entender nada !

Deixe uma resposta para Paulo Henrique Cancelar resposta